História

A ideia de criar uma olimpíada de matemática da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica (Rede Federal) teve como precursor um projeto de extensão coordenado pelos professores Renato Machado Pereira e Manuel Messias da Silva, que visava desenvolver aulas, materiais didáticos, monitorias e atendimentos online para as olimpíadas OMU, OBMEP, Canguru de Matemática, Matemática sem Fronteiras, OMM e OBM.

Entretanto, a ideia ganhou forma com a participação do IFSULDEMINAS e do IFRN na 4th International Youth Convention on Commerce & Economics (IYCCE), que aconteceu na Índia em outubro de 2017. Durante a missão, o professor Renato Machado Pereira liderou a equipe do Campus Muzambinho, do IFSULDEMINAS, composta pelos alunos André Rodrigues Gomes Silva, Bruno Tadeu Dival Procópio, Haislan Wellington Gouveia dos Santos e João Pedro do Nascimento Silva. O Professor Marcelo Henrique Carneiro Camilo liderou a equipe do Campus Natal Central, do IFRN, composta pelos alunos Arthur Henrique Craveiro Costa, Luís Gustavo Fontoura dos Santos, Nalbert Pietro Martins da Costa e Nicolas Kevin Borges de Souza.

Ao observarem a estrutura do evento, os professores viram que a Rede Federal tinha condições de realizar sua própria olimpíada, levando em conta o alto nível de seus professores, infraestrutura institucional e visão de educação. Assim, nasceu a parceria entre o IFSULDEMINAS e o IFRN, com o objetivo de fundar a OMIF.

O projeto se desenvolve no âmbito da parceria entre IFSULDEMINAS – Campus Muzambinho; IFRN – Campus Natal-Central e IFSP – Campus São João da Boa Vista (Comissão e Colaboradores). A comissão organizadora objetiva fazer a OMIF como projeto comunitário da Rede Federal.


Estrutura e organização

As provas são elaboradas por professores da Rede Federal brasileira, os quais fomentam um banco de questões. Na 1ª fase, as provas das instituições participantes brasileiras são aplicadas em cada campus da Rede Federal, inscrito na OMIF, e são coordenadas por um Coordenador Local, cadastrado como responsável pelo campus. 

A 2ª fase é itinerante, sendo eleito a cada ano, o local da próxima edição da OMIF. 

 Em 2018, o campus Muzambinho, do IFSULDEMINAS, foi a sede da OMIF, onde ocorreram a aplicação das provas da segunda etapa, a cerimônia de premiação e um evento com palestras, dinâmicas e confraternizações (veja o folder). Mais informações acesse: http://omif.muz.ifsuldeminas.edu.br/pt/omif-2018-2

Participaram da primeira OMIF, 150 campi da rede federal brasileira, totalizando mais de 12300 alunos que fizeram a prova da 1ª fase. Criou-se um critério de seleção e foram selecionados pelo menos um aluno de cada campus participante para a 2ª fase. Desse modo, foram convidados 347 alunos para o evento, dos quais estiveram presentes 255 alunos e mais 130 professores. 
 

Em 2019, a 2ª fase da OMIF foi realizada no IFFluminense - Campus Campos Centro nos dias 20, 21 e 22 de setembro.

Mais informações acesse: https://omif.muz.ifsuldeminas.edu.br/pt/area-de-imprensa/evento-2-fase-2019

Participaram da segunda OMIF, 230 campi da Rede Federal, totalizando mais de 16300 alunos que fizeram a prova da 1ª fase. Criou-se um critério de seleção e foram selecionados pelo menos um aluno de cada campus participante para a 2ª fase. Desse modo, foram convidados 320 alunos para o evento, dos quais estiveram presentes 229 alunos e mais 92 professores. As medalhas de ouro, prata, bronze e menção honrosa foram compradas através do fomento da Chamada Pública para Competições Regionais – 2019 IMPA - OBM (Instituto de Matemática Pura e Aplicada – Olimpíada Brasileira de Matemática). 

Em 2020, a OMIF precisou ser adaptada por conta do cenário de pandemia de Covid-19. A olimpíada precisou ser completamente remota, mas carregou em si características do projeto inicial e ajustes ocorreram no regulamento e no calendário das atividades. A OMIF 2020 ocorreu com as duas fases costumeiras, porém apenas na 1ª fase ocorreu uma prova on-line. A 2ª fase foi um evento on-line com palestras, minicursos, oficinas, atividades culturais, entre outras ações, através dos veículos de comunicação como o Youtube e o Meet.

Mais informações acesse: https://omif.muz.ifsuldeminas.edu.br/pt/area-de-imprensa/evento-2-fase-2020

Na terceira edição, foram inscritos 285 campi da rede federal brasileira, dos quais participaram efetivamente da prova de 1ª fase 239 campi, totalizando mais de 5200 alunos. 

Em 2021, tendo em vista a expansão do projeto OMIF, a Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais foi atualizada para a Olimpíada de Matemática das Instituições Federais e a sigla permaneceu OMIF. Os créditos pela ideia é da Profa. Karine Pértile do IFRS - Campus Bento Gonçalves, assunto que foi discutido na reunião de professores da OMIF que ocorreu no evento on-line da 2ª fase da edição de 2020.

  

Agradecimentos

Agradecemos o apoio dos técnicos, professores e alunos das instituições parceiras, em particular, a direção do IFSULDEMINAS, Campus Muzambinho, do IFFluminense, Campus Campos Centro e do IFMT, Campus Cuiabá - Bela Vista, sempre disponíveis para tornar a OMIF uma realidade exitosa.

Destacamos a grande contribuição de Haislan Wellington Gouveia dos Santos, ex-aluno do Campus Muzambinho, IFSULDEMINAS, na criação e manutenção do site da OMIF com dedicação e cuidado.

E reverenciamos o ex-aluno do IFRN - Campus João Câmara e criador da logo da OMIF, Axel Rammon Farias da Silva, que a partir do edital do Concurso Arte Visual OMIF de 2018 foi estabelecida a logo.

A Comissão Organizadora da OMIF deseja a todos os participantes um profícuo aprendizado e crescimento, a partir de tudo o que a matemática pode proporcionar ao mundo!